Círculos, formação e consultoria

Outdoor Circle

Na minha vida e nos projetos onde estou envolvida, aplico os princípios da expressão e da escuta autêntica e vejo-me a construir um mundo melhor, em círculo. Com adultos, jovens e crianças, em escolas, organizações, empresas, com professores, executivos, líderes, amigos e quem sente o mesmo apelo.

Estar em círculo tem feito parte da minha vida, desde a juventude, na Associação Candeia e, mais tarde, em projetos da Associação Florescer e na Rede Educação Viva. Em 2017, conclui formação em Way of Council com Rob Dreaming e em Sociocracia 3.0 com John Buck.

Colaboro ativamente na European Council Network e na Rede Way of Council Portugal, onde faço o meu caminho enquanto facilitadora reconhecida de Way of Council, ligada a vários especialistas em todo o mundo. Em 2017 e 2018, fiz formação em “Council in Schools” com Joe Provisor da Circleways, “Council in Organisations” com Gallit Hayen e Geisa Heiten e “The Art of Witnessing” com Gigi Coyle e Rob Dreaming. Em 2018, fui uma das responsáveis pela organização do Gathering anual do ECN, em Portugal.

Sou coordenadora e consultora-formadora no Projeto “Aprender em Círculo” a decorrer no Agrupamento de Escolas Aquilino Ribeiro, em Oeiras, sendo também formadora responsável pelo curso acreditado para professores “Aprendizagem em Círculo”, desde 2018. Neste Projeto apoiamos as equipas das escolas a desenvolver novas abordagens pedagógicas e a implementar o formato do círculo nas práticas diárias, em rodas rítmicas, círculos de emoções em Council e conselhos de alunos e de escola em Sociocracia.

Na área das organizações e liderança desenvolvo projetos em Council e facilitei os módulos Líder Dialógico e Líder em Conflito, no Curso “Leadership.YOU”, no ISEG.

Em 2021, comecei a colaborar com a Associação Terra dos Sonhos como consultora técnica na Oficina dos Sonhos, na área cuidar dos cuidadores, apoiando a equipa da Terra dos Sonhos, promovendo a capacitação dos técnicos das instituições e o desenvolvimento de círculos de reflexão com Casas de Acolhimento.

Investigação em Ação

Investigar e descobrir novos caminhos através da experiência, da reflexão-ação, é a minha forma de eleição para consolidar processos de inovação em desenvolvimento social e educação.

Em 2004-2005, fiz uma especialização em Pedagogia Social na Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa, no âmbito do Mestrado em Ciências da Educação. Segui o apelo de investigar uma área ainda pouco abordada, a ligação entre o empreendedorismo e a educação, no sentido holístico. As descobertas estão plasmadas no dissertação de Mestrado, defendida em 2012, que obteve grau de excelente.

Mendes, M.T. (2011). Educação empreendedora. Uma visão holística do empreendedorismo na educação. Tese de Mestrado em Ciências da Educação (versão não publicada). Universidade Católica Portuguesa. Faculdade de Ciências Humanas de Lisboa. Consulta aqui.

Decidi colocar em prática o que tinha escrito e entre 2012 e 2013 fundei a Associação Florescer, a Associação Enraizar e a Rede Educação Viva. No decorrer destes projetos tenho escrito na prática aquilo em que acredito. Faço “política no terreno”, desenvolvo projetos de inovação e apoio sistemas a mudar de paradigma.

Em 2018, publiquei um livro colaborativo onde abordei o tema da educação como uma forma de estar no mundo: “Aprender – outro nome que a vida poderia ter”. Consulta aqui.

A alma de investigadora empreendedora, com um espírito crítico evolucionário, mantém-se, assim como a coordenação do Núcleo de Investigação e Desenvolvimento da Florescer, em conjunto com Alexandra Fidalgo, em colaboração com outros investigadores.

Aqui fica o resumo da Tese de Mestrado “Educação empreendedora. Uma visão holística do empreendedorismo na educação”:

A presente investigação aborda a problemática do empreendedorismo na educação na perspectiva de uma investigadora que procura visualizar e cruzar os panoramas actuais do campo de investigação do empreendedorismo e da educação holística. Desse olhar surge uma visão renovada do empreendedorismo na educação e fundamenta-se uma abordagem holística da educação: uma “Educação Empreendedora”. A obra encontra-se dividida em três capítulos que compõem o corpo equilibrado da investigação na tentativa de introduzir, aprofundar e sintetizar quais as estratégias educativas que melhor se enquadram com a finalidade do estudo. No primeiro capítulo procede-se à análise das concepções vigentes de empreendedorismo e ao seu lugar na educação, através do estudo das principais teorias deste campo de investigação. Duas questões principais surgem como ponto de partida para esta parte: O que é o empreendedorismo? O que é uma educação em empreendedorismo? No segundo capítulo avança-se no estudo de novos paradigmas educacionais e na relação dos seus fundamentos e estratégias com o conceito de empreendedorismo. Nesta parte procura-se, fundamentalmente, a abertura deste termo a outras perspectivas paradigmáticas. A conceptualização de uma abordagem holística do empreendedorismo na educação pretende conseguir respostas às seguintes questões: O que é uma educação que contribui para o desenvolvimento do potencial empreendedor da humanidade? O que é uma educação empreendedora na perspectiva holística? O que é uma escola empreendedora? É a questão primordial do terceiro capítulo que investiga a possibilidade de existir uma escola que tenha já desbravado um caminho dentro desta nova abordagem. Nesse sentido procede-se ao estudo de caso de uma escola que contesta as orientações vigentes e rompe com o status quo educativo, exercendo o seu papel marcante de transformação social e de criação de uma comunidade educativa empreendedora. Essa escola é a Escola da Ponte – Escola Básica Integrada de Vila das Aves, Portugal. As evidências surgem: mais do que projectar uma educação em ou para o empreendedorismo é possível viver uma “Educação Empreendedora”.


Abstract: This research approaches entrepreneurship in education from the perspective of a researcher who intends to visualize and intersect the current scenarios of entrepreneurship and holistic education investigation fields. From this view emerges a renewed vision of entrepreneurship in education and a reasoned holistic approach of education: an “Entrepreneurial Education”. This work is divided in three chapters that compose the balanced body of the research in the attempt to introduce, deepen and synthesize which strategic education best fit into the purpose of the study. The first chapter starts with the analysis of the current conceptions of entrepreneurship and its place in education, by studying the main theories of the research field. Two main questions arise as a starting point of this part: What is entrepreneurship? What is entrepreneurship education? The second chapter proceeds into the study of new education paradigms and their grounds and strategies in relationship with the entrepreneurial concept. This part mainly intends to open up the concept to new paradigm perspectives. The conceptualization of a holistic approach to entrepreneurship education tries to answer the following questions: What is an education that contributes to the development of the entrepreneurial potential of humankind? What is an entrepreneurial education in a holistic perspective? What is an entrepreneurial school? That is the primal question of the third chapter which investigates the possibility of the existence of a school that has already explored a way in this new approach. In that sense a case study is made of a school that refutes the current orientations and dismantles the education status quo, exercising its outstanding role in the social transformation and in the creation of an entrepreneurial education community. That school is Escola da Ponte (Bridge School) – Integrated Basic School of Vila das Aves, Portugal. The evidences arise: more than projecting an education in and on entrepreneurship it is possible to live an “Entrepreneurial Education”.

Rádio “Educação e Transição”

Programa de Rádio Educação e Transição

Programa de Rádio “Educação e Transição” da Rádio movimento pt online, onde colaborei com a apresentação e organização dos programas ligados à temática da educação. Um projeto que começou em 2018, com uma rede de pessoas ligadas à inovação e a projetos de transição, em Portugal.

Programas que co-realizei, com diversos convidados, sobre o tema da Educação: 

18 de junho: António Quaresma, Professor Escola Básica Várzea de Sintra

07 de junho: Ana Aires Breysse e Maria Teresa Mendes, pelo Programa “Educação e Transição”

25 de maioTeresa Almeida e Paulo Carvalho, Comunidade João Sem Medo, Design Thinking e TeoriaU

10 de maioLuzia Lima-Rodrigues, Vindas-Educação Internacional, Ass. Nacional Docentes de Educação Especial

29 de marçoTamar, O Mel da Deusa 

1 de marçoManuel Laranja e Manuel Pelágio, The Leadership of You – ISEG 

5 de fevereiroSusana Dagot e Mário Madrigal, Amara – Associação para a Dignidade na Vida e na Morte

18 de janeiroPatrícia Pereira, Pedro Lopes e Tiago Lopes (filho), Enraizar – Associação de Aprendizagem Comunitária

21 de dezembroAna Aires Breysse, Filipe Jeremias (via telefone), Helena Rodrigues, José Soutelinho (via telefone), Maria Teresa Mendes, Livro “Aprender – Outro nome que a vida poderia ter”

7 de dezembroMariana Dias, Patrícia Faustino e Isália Castanho, MAPPE – Movimento Pais, Professores, Educadores e Alunos Unidos.

26 de outubroSílvia Cópio, M.E.L – Movimento Educação Livre 

28 de setembroAna Thomaz, educadora e investigadora, Brasil

26 de julho (1)(2):Andreia Saraiva Rodrigues, Happy Fellings

6 de julho:Carla Guiomar e o jovem Manuel Ruiz, Rede Educação Viva Alentejo

22 de junho:Sara Rodi e Leonor (filha), Movimento por uma Escola Diferente, Escritora

25 de maio:Lançamento, Equipa Rede Educação Viva e Iniciativas de Transição

Rede Educação Viva | Movimento de Transição | Rádio Movimento PT |

Equipa técnica e contactos:

http://www.radiomovimento-pt.net/
https://www.youtube.com/channel/UClWcg03amUmNjDVDdFS-bfQ
https://www.facebook.com/radiomovimentopt/

Equipa Rede Educação Viva:

Ana Aires Breysse

Helena Rodrigues

Maria Teresa Mendes

Maria Teresa Mendes

Brilhar é uma marca pessoal que destaca os meus “porquês”. Os porquês de fazer aquilo em que acredito e que tenho empreendido. Acredito que através de uma educação participativa e integral, conseguiremos transformar o mundo num espaço de co-existência equilibrada. Acredito que a transformação do todo começa pelo desenvolvimento de cada pessoa, em relação harmoniosa com o que a rodeia. Acredito que dessa relação são criados sistemas e organizações que promovem o bem comum, de um modo íntegro e responsável.

O que queres ser quando for(es) agora?

Quando compreendi o que me fazia brilhar os olhos assumi essa responsabilidade, em todos os sentidos. Contribuir para a inovação da educação e da sociedade, criando redes e abrindo portas para que cada pessoa possa florescer no seu mundo, o mundo de todos nós.


Criei este espaço de desenvolvimento com serviços personalizados para colaborar em projetos de consultoria nacionais e internacionais, trans-formação nas áreas sociais, educação e liderança.

Serviços de consultoria-tutoria a pessoas e equipas em processos de mudança e inovação; ações de formação-ação; facilitação de círculos em council; comunicações e palestras; redes de partilha e investigação. Estas são algumas das organizações que tenho desenvolvido, em equipa e em rede: #Florescer#RedeEducaçãoViva#RedeWayofCouncil#Enraizar#Vizinhar .

Mestrado em Ciências da Educação (Universidade Católica Portuguesa – F. Ciências Humanas, 2012), com a tese: “Educação Empreendedora – Uma visão holística do empreendedorismo na educação”, estudo de caso da Escola da Ponte. Especialização em Pedagogia Social (Universidade Católica Portuguesa, 2005). Licenciatura em Organização e Gestão de Empresas, especialidade em Marketing (ISCTE, 1999).

Formação especializada em Way of Council, Sociocracia, Teaching Academy – J.Krishnamurti, PNL-Programação Neurolinguística, Igualdade de Oportunidades.

Experiência na área da inovação social e educação global, gestão e consultoria, formação, empreendedorismo e liderança, comunicação (publicidade e rádio), redes e projetos comunitários. Destaca-se a colaboração na European Council Network, na Rede Way of Council Portugal e no Programa de formação em liderança LeadershipYOU.  Experiência de gestão de projetos de empreendedorismo social no Programa de Desenvolvimento Comunitário Urbano K’Cidade (Fundação AgaKhan); consultoria no Ministério Educação para o Projeto é! – Educação para o Empreendedorismo (2005-2007).

Co-fundadora, presidente da Florescer – Associação de Educação Global e co-fundadora de várias organizações: Candeia – Associação para a Animação de Crianças e Jovens, Enraizar – Associação de Aprendizagem Comunitária, Raízes – Associação de Apoio à Criança e ao Jovem, Rede Educação Viva Vizinhar – Cooperativa de Desenvolvimento Local

Publicações, em co-autoria: “Aprender – Outro nome que a vida poderia ter”. Edições Vieira da Silva (2018); “Carta de Criação de Negócios para a Inclusão”. Kit de Animação e Desenvolvimento Local. K’Cidade – Programa de Desenvolvimento Comunitário Urbano (2007); “Guião de Educação para o Empreendedorismo”. Coleção Educação para a Cidadania . Ministério da Educação. Direção-geral de Inovação e de Desenvolvimento (2006).

facebook: @brilharmariateresamendes @mariateresamendes

email: teresa.mendes@gmail.com

E mais … quem sou eu? Pergunta de uma vida. Nasci dia 11 dezembro de 1976 em Lisboa, Portugal. Cresci na cidade e no campo, a gostar do melhor de cada uma, feliz. Agora aos 43 anos, mais em aceitação com o que não me faz sentido. Mulher mãe empreendedora, visionária. Sim, guerreira da paz com alma de rainha e de criança. Apaixonada pela vida, pelo que faço. Agradecida todos os dias. A desfrutar, a semear, a transmutar, a cuidar. Caminhar com poesia na montanha e à beira rio, a aventurar-me e a observar, dançar sozinha e em família, com amigos, alimentar-me bem, chorar e partilhar, rir. Continuar a surpreender-me com isto de ser humano. Aprender. Também a ser esta força da natureza viva. Que oportunidade!

(2019)